Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria de Estado de Educação e Desporto tem dado continuidade aos trabalhos de desinfecção nas escolas da rede pública de ensino, em Manaus. O serviço, um procedimento operacional padrão da pasta, tem como objetivo combater a propagação do novo coronavírus (Covid-19) nas unidades, garantindo, assim, a segurança e o bem-estar da comunidade escolar. 

O trabalho de desinfecção, nas escolas, segue um calendário pré-estipulado pela Secretaria de Educação e independe de possíveis registros de casos de Covid-19 no ambiente escolar. Todas as 123 unidades de ensino que já retornaram às atividades presenciais, já receberam o serviço e continuarão recebendo os trabalhos conforme necessidade e solicitação da equipe gestora. 

Na manhã de quarta-feira (12/08), três escolas já foram desinfetadas: Tenente Coronel Cândido José Mariano (CMPM 5), Professor Agenor Ferreira Lima (CEJA) e Maria do Céu Vaz D’Oliveira – esta última registrou um caso confirmado de Covi-19. 

Ainda nesta quarta-feira (12/08), estão com programação para desinfecção as Escola Estadual (EE) São Luís de Gonzaga, EE Coronel Pedro Câmara (CMPM 8), EE Antônio Maurity Coelho, Centro Educacional de Tempo Integral (CETI) Marcantônio Vilaça II (CMPM 2) e EE Dulcinéia Varela Moura.

A secretaria reforça que a desinfecção é um Procedimento Operacional Padrão (POP) de prevenção e independe da confirmação de casos da doença. As escolas são responsáveis por informar e liberar alunos e professores. Em todas as unidades, após o processo de desinfecção, as atividades presenciais serão retomadas normalmente.

“Essa é apenas uma das ações que estaremos realizando nessa retomada [às aulas presenciais]. Mesmo com a volta das atividades nas escolas, nosso trabalho não está nem perto do fim. Seguiremos com nosso compromisso de assegurar um ambiente seguro a todos os integrantes da nossa equipe escolar”, prometeu o secretário de Educação em exercício, Luis Fabian Barbosa.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •