Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Apresentador de um dos programas policiais mais bizarros da TV brasileira, Sikêra Jr. reapareceu, na noite de sábado (30), em uma live na RedeTV para se apresentar com sua banda de rock, chamada “Manicômio”.

A transmissão foi marcada por falhas técnicas e pela má qualidade da imagem e do som, além das trocas de figurino de Sikêra. Em dado momento o apresentador chegou a vestir uma camisa de força.

Sikêra, nas últimas semanas, estava afastado para se tratar da Covid-19 em casa. Na live, ele fez questão de ressaltar que estava curado demonstrou uma evidente mudança de discurso ao falar sobre a gravidade do coronavírus no estado do Amazonas. Antes, ele minimizava a doença.

Além da mudança de postura com relação à pandemia, Sikêra teceu críticas ao presidente Jair Bolsonaro, de quem era apoiador convicto.

“Não temos culpa pela má distribuição, o Brasil sempre foi assim. Enquanto as pessoas de casa não aprenderem a escolher seus líderes você nunca vai ter uma saúde decente, uma escola decente, uma educação decente. O Brasil precisa melhorar muito”, disparou.

Em outro momento da live, Sikêra provocou Drauzio Varella ao veicular um vídeo, de janeiro, em que o médico afirma que o coronavírus não teria “potencial”. (Revista Fórum)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •