Felipe Gomes, já responde por roubo e João Victor já tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Felipe Gomes de Araújo, 26 e João Victor da Rocha Maduro, de 19 anos, acusados de latrocínio (assalto seguido de morte) que teve como vítima o motorista de aplicativo Higson Cavalcante Ramos, de 49 anos, morto a golpes de faca foram apresentados na imprensa na manhã desta segunda-feira (9), na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

De acordo com o delegado Paulo Martins, o menor apreendido na sexta-feira (6) indicou o paradeiro dos comparsas e contou detalhes do crime.

“Eles se reuniram e chamaram o uber. Entraram no veículo com a intenção de roubar o celular e o dinheiro. Então levaram o motorista para o ramal onde anunciaram o assalto, eles colocaram o motorista na mala e resolveram matar porque eles moravam no mesmo bairro”, contou o delegado, informando que ao tirarem o motorista do porta malas, Higson de joelhos pediu para não ser morto, mas foi esfaqueado no peito. Mesmo ferido tentou fugir, mas caiu e foi morto.

De acordo com o delegado, Felipe e João foram presos no último sábado (7) e a princípio negaram o crime, mas ao serem interrogados, confessaram a participação. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela juíza plantonista Anagali Marcon Bertazzo.

Menor apreendido

Policiais militares da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) apreenderam o adolescente de 16 anos, suspeito de envolvimento no assassinato do motorista de aplicativo.

De acordo com o relato do adolescente, ele e mais dois homens solicitaram, no bairro Monte das Oliveiras, a corrida via aplicativo, atendida pela vítima, motorista do automóvel modelo Chevrolet Onix, de cor prata e placas PHS-4C93.

De lá, a vítima e os infratores se deslocaram para o Ramal do Brasileirinho, Zona Leste, onde, segundo o adolescente, Higson foi morto. No relato, o adolescente informa que o objetivo dos autores, inicialmente, era roubar o veículo. O corpo do motorista só foi encontrado no fim da tarde da sexta-feira (6), por volta das 17h30, quando os policiais da viatura 1943 da Cipcães levaram o adolescente até o local.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •