Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deborah Secco abriu o coração durante entrevista ao programa Eduardo Sterblitch Não Tem Um Talk Show na segunda-feira (3/8). A atriz falou sobre como sua popularidade pode ter prejudicado a carreira profissional antes do tempo.

Deborah, que hoje tem 40 anos, estrou na televisão aos 10 anos, na novela Mico Preto, da TV Globo. “Sou uma pessoa muito intensa. Então, a imprensa gostava muito de ficar atrás de mim. E, por conta disso, perdi a imagem de cult, virei uma pessoa muito popular e isso me prejudicou, talvez, profissionalmente. Porque as pessoas são preconceituosas”, afirmou.

Atriz também comentou sobre seu costume de falar abertamente sobre sexo, a intimidade em seu casamento e sobre relacionamentos anteriores. “Me odeiam porque eu sou uma mulher livre, uma mulher independente. As pessoas acham que ‘não tem que fazer uma foto assim’, ‘não tem para que falar de sexo’, ‘não tem para que se posicionar quanto isso ou quanto aquilo’”, analisou.

Deborah revelou que aprendeu durante a vida a não se importar com comentários negativos sobre ela, que isso a ajudou após o nascimento de Maria Flor, de 4 anos. “Foram tantos anos apanhando. Tantos anos com gente batendo, criticando. Não tenho mais tempo para ficar triste”, garantiu.

“Hoje eu olho para a minha filha, para a minha família, minha casa, nossa vida real. É tudo tão maior que não dá mais para sofrer. Temos coisas mais urgentes para se fazer hoje”, disse Deborah, que é casada com o também ator Hugo Moura. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •