Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após 32 dias recluso num presídio de segurança máxima no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho conquistou o direito de ficar num hotel de luxo no Paraguai. Por lá desde 8 de abril, o brasileiro agora tenta novo afrouxamento da punição por ter entrado no país portando passaporte falso. A informação é do jornalista Ricardo Perrone, do portal Uol.

No último dia 4, o Paraguai adotou esquema de “quarentena inteligente” e retomou serviços. Entre as medidas de redução do isolamento social estão áreas da Justiça.

Por conta disso, a defesa de Ronaldinho e seu irmão, Roberto Assis, apresentou novo recurso e espera que ele seja julgado nos próximos dias, mas não é possível prever data.

Ainda de acordo com o Perrone, a defesa não quis adiantar o conteúdo do recurso por entender que o sigilo é necessário na estratégia.

Rotina atual

Preso no Hotel Palmaroga, cadastrado como quatro estrelas, Ronaldinho Gaúcho tem rotina bem melhor do que a no presídio. A “casa provisória” fica na Calle Palma, rua localizada no microcentro de Assunção, de onde o ex-jogador tem dado entrevistas e até participado de lives de artistas. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •