Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O deputado estadual Gil Vianna (PSL-RJ) morreu na noite da terça-feira (19) vítima da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Ele estava internado há oito dias no hospital da Unimed de Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro.

Segundo informações da Assembleia Legislativa do Rio, o deputado de 54 anos piorou no início da noite, precisou ser entubado e morreu após sofrer uma parada cardíaca às 22h45.

“Infelizmente perdemos nosso Gil Vianna. Um ótimo sujeito, simples, um amigo nosso. É uma grande tristeza”, afirmou o presidente da Assembleia, deputado André Ceciliano (PT).

Nos últimos dias, atualizações divulgadas pela assessoria informavam que o deputado apresentava quadro de saúde estável e respondia bem ao tratamento contra a Covid-19. Ele era atleta e chegou a coordenar o time de vôlei do Flamengo em Campos.

Eleito com 28.636 votos, Vianna estava no segundo mandato como deputado estadual. A primeira experiência na Assembleia foi como suplente. Filho de um garçom e de uma dona de casa, era ex-policial militar e ex-oficial do Exército. Foi vereador duas vezes em Campos dos Goytacazes, seu reduto eleitoral. Era pré-candidato a prefeito da cidade. (Folha de S.Paulo)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •