Alejandro Valeiko
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A desembargadora Joana dos Santos Meirelles, plantonista do Tribunal de Justiça do Amazonas, acatou na noite de sábado (5) pedido dos advogados Marco Aurélio de Lima Choy e Yuri Dantas, e deferiu liminar em habeas-corpus e substituiu a prisão temporária de Alejandro Molina Valeiko, em prisão domiciliar.

Em sua decisão, a desembargadora determina que Alejandro Molina Valeiko, em 24 horas se apresente ao delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, para cooperar com as investigações que apuram a morte de Flávio Rodrigues dos Santos.

Alejandro Valeiko teve a prisão temporária decretada na noite da última quinta-feira (3) pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga.

De acordo com defesa Alejandro tem necessidade de internação psiquiátrica e atualmente está em tratamento em uma clínica especializada no Rio de Janeiro.

Entenda o caso

O engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos foi encontrado morto no início da tarde da segunda-feira (30), em um terreno no Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

Flávio estava desaparecido a noite de domingo (29), após participar de uma festa no condomínio de luxo Passaredo, que fica Ponta Negra, área nobre de Manaus.

Confira Decisão


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •