Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Detentos do Centro de Recuperação Regional de Altamira, no sudoeste do Pará, fazem uma rebelião desde as 7h desta segunda-feira (29). De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), há 57 presos mortos, sendo 16 decapitados e dois agentes penitenciários foram feitos reféns. As primeiras informações afirmam que uma briga entre organizações criminosas teria provocado a rebelião.

Segundo a Susipe, internos do bloco A, onde estão custodiados presos de uma organização criminal, invadiram o anexo onde estão internos de um grupo rival. Posteriormente, a sala foi trancada e os presos atearam fogo no local. A fumaça invadiu o anexo e há pessoas mortas por asfixia, de acordo com a Susipe.

Veja mais:  Seap confirma mortes em rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim

O Grupo Tático Operacional da Polícia Militar está no local. A Polícia Civil, a Promotoria e o Juizado de Altamira também estão na unidade participando das negociações para liberação dos reféns.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •