Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia divulgou na quarta-feira, 1º, um cartaz com recompensa de 2.000 reais para quem fornecer informações que ajudem na localização e captura de Eduardo Fauzi, suspeito de participar do ataque contra a produtora do grupo de humor Porta dos Fundos, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Fauzi, que era membro de um grupo integralista e possui várias passagens pela polícia, está foragido. O suspeito tem um mandado de prisão temporária de 30 dias contra ele.

O delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro, titular da 10ª DP, responsável pelas investigações, disse na terça-feira 31 que existe a possibilidade de que o homem seja o integrante principal do grupo, sendo o organizador do atentado.

O suspeito tem vinte anotações criminais por ameaça, lesão corporal, desacato, extorsão e uma relacionada à Lei Maria da Penha. Em outra, responde por agressão em 2013 ao então secretário de Ordem Pública do Rio, Alex Costa, que levou um soco na cabeça enquanto dava uma entrevista após uma operação contra estacionamento irregular.

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia divulgou nesta quarta-feira, 1º, um cartaz com recompensa de 2.000 reais para quem fornecer informações que ajudem na localização e captura de Eduardo Fauzi, suspeito de participar do ataque contra a produtora do grupo de humor Porta dos Fundos, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Fauzi, que era membro de um grupo integralista e possui várias passagens pela polícia, está foragido. O suspeito tem um mandado de prisão temporária de 30 dias contra ele.

O delegado Marco Aurélio de Paula Ribeiro, titular da 10ª DP, responsável pelas investigações, disse na terça-feira 31 que existe a possibilidade de que o homem seja o integrante principal do grupo, sendo o organizador do atentado.

O suspeito tem vinte anotações criminais por ameaça, lesão corporal, desacato, extorsão e uma relacionada à Lei Maria da Penha. Em outra, responde por agressão em 2013 ao então secretário de Ordem Pública do Rio, Alex Costa, que levou um soco na cabeça enquanto dava uma entrevista após uma operação contra estacionamento irregular.

Agentes da 10ª DP fizeram na terça uma operação para cumprimento do mandado, mas o acusado não foi localizado. Os policiais apreenderam em endereços ligados a Fauzi 119.000 reais em espécie, munição e armas brancas.

O suspeito foi identificado por meio de imagens de câmeras obtidas pela Polícia Civil do Rio, nas vias próximas à produtora. Ainda conforme o delegado, as investigações seguem para tentar a identificação dos outros quatro integrantes do grupo autor do ataque.

Fauzi é acusado de tentativa de homicídio qualificado, uma vez que o vigia da produtora foi atingido no momento em que as bombas foram lançadas na entrada da casa e também por crime de explosão.

O Portal dos Procurados destacou que quem tiver qualquer informação a respeito da localização do suspeito e também dos envolvidos no ataque, pode fazer denúncia pelo Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo Facebook; pela mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular do Disque Denúncia. As informações sigilosas sobre o caso serão encaminhadas para 10ª DP.

A sede do grupo de humoristas Porta dos Fundos, no bairro do Humaitá, foi atacada com coquetéis molotov na madrugada da terça-feira passada 24. O fogo foi controlado por um segurança que estava no local. Ninguém ficou ferido. A trupe tem sido alvo de críticas e ameaças desde o lançamento do especial de Natal, na Netflix, que mostra um Jesus gay voltando do período no deserto com um namorado.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •