Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, está em uma cruzada judicial contra seus críticos. Apenas no Estado de São Paulo, ele já deu início a 15 ações judiciais por dano moral somente neste ano. Ainda não obteve nenhum êxito, e, conforme informou o DCM, já foi derrotado em um dos casos, contra o chargista Vitor Teixeira.

Em outro processo, contra o músico Marcelo D2, o empresário sofreu nova derrota no mês passado. Hang buscava fazer com que a Justiça retirasse do ar uma postagem, publicada em uma rede social do cantor, sem que sequer fosse dada a chance de D2 ser ouvido no processo.

Para o empresário, conhecido apoiador do presidente Jair Bolsonaro, a postagem em questão “possui uma clara intenção ofensiva, referindo-se ao autor como ‘sonegador’ e ‘gnomo’”. (Brasil 247 )


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •