Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na noite da quarta-feira (30/10), o Instituto Médico Legal (IML) liberou doze corpos de homens que morreram após confronto com policiais militares no bairro Crespo, Zona Sul. Até 21h20 da quarta, 16 dos envolvidos na ocorrência já tinham sido identificados.

Apenas um deles ainda não foi identificado porque a família não havia apresentado documentação.

Segundo o IML, foram liberados os corpos de Bruno Cardoso Lopes, 23 anos, Markleuson Batista da Silva, 18 anos, Max William Sampaio da Silva Cavalcante, 29 anos, Michel dos Santos Cardoso, 27 anos, Alexsandro Custódio de Carvalho, 16 anos, Erick Osmarino Silva Santos, 17 anos, Lucas da Costa Pereira, 21 anos, Eder Júlio Canto Costa Junior, 20 anos, Aldair Campos Nascimento, 21 anos, Vinicius Eduardo Souza da Silva, 21 anos, Natanael Costa Melo, 20 anos e Samuel Pinheiro Campos, 23 anos.

De acordo com a diretora do IML, Sanmya Leite, as famílias foram notificadas sobre as vítimas e já estão iniciando os procedimentos funerários. Os homens foram identificados por meio de coleta necropapiloscópica.

Os nomes dos demais serão divulgados à imprensa após as famílias serem comunicadas.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •