Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Policiaia da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), prenderam na noite da última segunda-feira (16), José Adailton Neves Moraes, 32 e Alex Gomes dos Santos, 39 no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, quando se preparavam para embarcar para Belém (PA). A dupla era investigada por participação no assalto feito a uma agência bancária de Iranduba, ocorrido em 5 de abril deste ano.

Outros quatro homens acusados de envolvimento com o roubo foram presos nas Zonas Norte e Leste de Manaus, por volta das 6h desta terça-feira Ricardo Silva Barbosa, 19, Arison dos Santos Tenório, 26 e os irmãos Felipe Ramos Rocha e Rafael Ramos Rocha, de 19 e 25, respectivamente.

De acordo com o delegado Orlando Amaral, José e Alex foram os mentores do crime e a participação dos outros quatro foi na abertura do túnel cavado entre o banco e uma casa alugada por eles ao lado da agência bancária. O delegado falou ainda de dois outros homens que participaram do assalto e que estariam em Belém. Os dois foram identificados apenas por Rossi e Romero.

“Todos confessaram a participação no roubo, inclusive o trabalho que cabia a cada um. O roubo foi planejado por José com a ajuda de Alex e levaram cerca de três meses para concluir o túnel. Eles escavavam no final da tarde, depois que o banco já estava fechado”, informou do delegado Amaral.

Alex disse na delegacia que conseguiram o valor de R$ 50 mil reais e que o valor foi tão baixo perto do que estimavam ter, que não foi suficiente para fazer nada do que tinham planejado. Esse mesmo valor foi informado pela agência bancária como o valor roubado.

Segundo Amaral, do total roubado R$ 20 mil seria enviado para uma unidade prisional do Pará, de onde teria partido as ordens para o assalto ao banco. Após os procedimentos policias cabíveis na delegacia os seis foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da justiça.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •