Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gospel Prime | Um comitê criado pelo governo egípcio aprovou a legalização de 127 igrejas que anteriormente estavam sendo consideradas ilegais naquele país.

Milhares de igrejas construídas no Egito esperavam desde 2016 para serem legalizadas e, assim, não sofrerem com a represália do governo.

Apesar da lei aprovada naquele ano, o processo de legalizações das igrejas não foi acelerado e apenas 1.021 receberam permissão para continuarem funcionando, segundo a International Christian Concern.

Muitas igrejas ainda aguardam para serem legalizadas, mas a autorização dessas 127 denominações já representa um começo promissor em um país onde os cristãos enfrentam violência e perseguição.

Segundo o Portas Abertas dos EUA, os cristãos egípcios ainda enfrentam a perseguição diária de grupos dentro da população de maioria islâmica, bem como os maus-tratos do próprio governo.

O Egito ocupa o 16º lugar entre os países mais hostis para com os cristãos.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •