Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Em clima de campanha eleitoral, com direito a queima de fogos, o presidente Jair Bolsonaro chegou na manhã desta quinta-feira (13) em Belém, no Pará, provocando aglomerações de simpatizantes, boa parte deles sem máscara. Bolsonaro, que já teve a Covid-19, também estava sem máscara.

O carro em que Bolsonaro estava já tinha uma caixa de som. O veículo parou no meio de uma rua e um mestre de cerimônias passou a anunciá-lo. Os simpatizantes do presidente cercaram o carro e ele discursou, sem usar máscara. Ao final, o homem que o apresentara puxou um coro de “mito”, como durante a campanha eleitoral.

– Chegamos a Belém / PA.- Agradeço a todos a consideração!

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Thursday, August 13, 2020

Bolsonaro foi participar da entrega da primeira etapa do Projeto Belém Porto Futuro, que busca revitalizar a área portuária da capital paraense. A obra começou em 2018 e teve parte de investimentos federais.

Foi pelo menos a terceira vez que ele provocou aglomerações nos últimos três dias, com total desprezo pelas medidas de distanciamento social necessárias para evitar a propagação da Covid-19, que já matou mais de 104 mil brasileiros, conforme o último boletim do Ministério da Saúde.

Na última terça-feira (11), Bolsonaro havia provocado aglomeração em evento da Polícia Federal, durante o qual tirou a máscara e disse que todos vão pegar o novo coronavírus. Na quarta-feira (12), ele visitou no hospital a esposa de um policial morto em São Paulo na véspera do Dia dos Pais _ela tinha acabado de dar à luz_, causando aglomeração na entrada e na saída da unidade de saúde. Nessa ocasião, ele usou máscara, mas posou para fotos com apoiadores.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •