Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A convenção municipal de homologação da candidatura de Bi Garcia (DEM) é marcada pela presença de todos os grupos políticos de Parintins. O prefeito de Parintins vai disputar a reeleição com o apoio do PSD, PSL, PSDB, PDT, PL, Solidariedade, Podemos, Progressistas, Pros, Avante, PRTB, Republicanos, PMN, PC do B e MDB.

Todos os representantes de grupos políticos de Parintins estão unidos à Bi Garcia, com a adesão da empresária Márcia Baranda, presidente do MDB Parintins. O presidente do PSC Parintins, Dodozinho Carvalho, também compõe o mesmo palanque do prefeito de Parintins, acompanhado pelo deputado federal, Marcelo Ramos (PL), e deputada estadual, Alessandra Campelo (MDB).

Bi Garcia consegue um feito inédito na história política de Parintins, ao agregar o nome da adversária do último pleito municipal, Márcia Baranda, neste domingo (13). A presidente do MDB ressaltou o motivo de escolher caminhar com o prefeito pela reeleição. “Estou muito feliz de estar aqui, começando uma aliança MDB e DEM. Quem determina nosso destino é Deus”, declarou.

Márcia Baranda revelou que teve uma conversa muito madura com Bi Garcia e o senador Eduardo Braga, presidente do MDB no Amazonas, antes da aliança, mas não pleiteou o cargo de vice-prefeita. A empresária afirmou que continua com o sonho vivo de ser prefeita de Parintins e justificou adiar, nesse momento. “Bi Garcia, eu estou aqui de coração aberto e vou à luta junto com você”, confirmou. 

O presidente do PSC Parintins, partido que não faz parte do arco de aliança de Bi Garcia, recebeu o convite do próprio prefeito para a convenção do DEM. “Nao tenho dúvida que o Bi vai para o quarto mandato. Me criei junto com ele na Rua Rio Branco e sei do empenho dele. Estou aqui muito feliz de participar desse momento para conduzir o Bi ao quarto mandato”, disse Dodozinho Carvalho. 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •