Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A nove meses da eleição que vai escolher seu sucessor, o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), em entrevista na noite da última segunda-feira (20) ao Programa 18 Horas, da Rádio Mix, disse que não é hora de se falar em sucessão.

Arthur Neto ressaltou que vive o melhor momento de seu terceiro mandato como prefeito de Manaus, com a realização de obras por toda a cidade e que não lhe sobra tempo para tratar, pelo menos agora, de eleição.

Durante a entreviste o prefeito evitou falar de qualquer assunto relacionado à sucessão municipal como, por exemplo, qual o candidato que deverá apoiar para lhe suceder no cargo.

Nos bastidores da política comenta-se os nomes de David Almeida (Avante) e Conceição Sampaio (PSDB), atual secretária municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), como supostos candidatos à sucessão municipal.

Questionado sobre o sistema de transportes coletivo, Arthur Neto reconheceu que o setor – o ponto fraco de sua administração – não vai lá muito bem das pernas, mas destacou que, como legado, deixará uma prefeitura organizada com as finanças equilibradas.

“Fizemos grandes investimentos no setor viário de Manaus e na educação, além de recuperarmos a desacreditada Previdência Social, hoje, uma das mais eficientes do país”, comenta. 

Até o final de seu mandato, em janeiro de 2021, Arthur disse que vai entregar cinco Centros Integrados Municipais de Educação (Cimes), cinco UBSs móveis para ampliar a cobertura da saúde básica, além do complexo viário da Constantino Nery e da bola do Manoa.

Confira Entrevista


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •