Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A jovem Eloisa Isadora Beatriz da Silva, de 18 anos, foi presa acusada de matar a própria mãe a marretadas e facadas na manhã desta terça-feira (30). O crime aconteceu nas proximidades do cemitério no bairro Bom Pastor, na Zona Oeste de Natal, no Rio Grande do Norte.

A vítima foi identificada como Edilza dos Santos Oliveira, de 53 anos. Na delegacia, a jovem disse que assassinou a própria mãe por medo de ser expulsa de casa, o que já havia acontecido antes por causa da dependência química da suspeita.

Em vídeo que circula pelas redes sociais, a jovem revela ter cometido o crime e diz que estava sob efeito de drogas. De acordo com o relato, desde o último sábado (27) ela usava cocaína.

“Matei minha mãe com quatro marteladas e ainda dei duas facadas na cabeça dela. Não sei por qual motivo a matei. Eu cheirei pó ontem e hoje. Desde sábado que eu cheiro”, contou.

A jovem falou que cometeu o crime por medo que sua mãe revelasse um segredo seu e temia ser morta ou torturada por uma facção criminosa.

“Eu pensei que ela ia contar algo que meu ex-namorado não tinha visto e a facção ia me torturar e me matar”, disse a garota.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •