Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Flamengo goleou o Macaé por 4 a 2, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Mas o dia mesmo, foi de Hernane. O Brocador, que ainda não tinha marcado em 2014, não só fez o primeiro, como deixou sua marca nas redes quatro vezes. Já o estreante do dia fez feio. O zagueiro equatoriano Frickson Erazo foi driblado no lance do gol do Macaé e ainda foi expulso, quando saía machucado na maca.

Com a vitória, o Flamengo chegou a 13 no Campeonato Carioca e volta à liderança isolada do estadual. Já o Macaé permanece com quatro e vê a zona de rebaixamento cada vez mais próxima. Ambos os times voltam a campo pelo estadual na próxima quarta-feira. O Fla joga contra o Boavista, em Moça Bonita, às 17h, enquanto o Macaé recebe o Friburguense, às 19h, no Moacyrzão.


HERNANE DESENCANTA

O jogo começou movimentado. Logo aos sete minutos, Marquinho partiu para cima de Léo Moura, e o camisa 2 do Flamengo só parou o adversário com falta dentro da área. Pênalti para o Macaé. Na batida, um lance incrível. Felipe defendeu a cobrança de Marco Goiano, mas o rebote sobrou novamente nos pés do camisa 6 macaense, que chutou na trave. E quem não fez, leva.

Aos 15 minutos, Hernane, enfim, desencantou. Elano recebeu de Léo Moura, não foi fominha e tocou para o Brocador só empurrar para as redes. E o camisa 9 do Fla mostrou que estava mesmo afim de jogo. Aos 25, Paulinho dividiu com o goleiro Felipe Sanchez. Na sobra, Hernane só teve o trabalho novamente de completar para o gol vazio. O segundo do Brocador no jogo.

O Macaé tentou uma reação ainda na primeira etapa. Aos 39, Waldir, novamente pela direita, deixou André Santos e o estreante Erazo para trás e rolou para Dos Santos na área, mas o camisa 7 preferiu dar o passe, e Marquinho completou para o gol. Mas o dia era mesmo dele, Hernane Brocador. Novamente a dupla Léo Moura-Elano funcionou pela direita aos 44 minutos. O camisa 7 cruzou, a bola desviou na zaga e sobrou para o camisa 9 do Fla, que não perdoou. E ainda teve mais.

O tempo que ficou sem fazer gol fez a fome por bola na rede de Hernane ficar maior. Aos 7 minutos da segunda etapa, Gabriel, que tinha entrado no intervalo no lugar do inoperante Carlos Eduardo, driblou dois de uma vez e encontrou o Brocador na área para, mais uma vez, empurrar para o gol vazio e fazer o quarto dele em Volta Redonda.

Se a primeira impressão é que fica, o equatoriano Frickson Erazo vai ter que trabalhar muito para mudar sua imagem frente à torcida do Flamengo. O jogador, que havia sido driblado com facilidade por Waldir no lance do gol do Macaé, fez faz falta dura na entrada da área aos 28 minutos, saiu machucado, mas recebeu o segundo cartão amarelo e saiu de campo expulso, mesmo na maca. Estreia para esquecer do gringo.

Quando o jogo se caminhava para terminar com show de Hernane, o Macaé voltou a esboçar uma reação. Waldir, o melhor jogador do Macaé em campo fez bela jogada pela esquerda e bateu forte, sem chances para Felipe. Mas o Flamengo tratou novamente de esfriar o Alvianil Praiano. Aos 45, Negueba em linda jogada individual arrancou do meio-campo com a bola e bateu no canto, sem chances para o goleiro do Macaé. E não teve tempo para mais nada. Grande vitória do Flamengo em dia que Hernane voltou a brocar.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •