Fotos Leitores do Fato Amazônico
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O micro-ônibus da Associação Pestalozzi, de Nova Olinda do Norte, caiu nas águas do Rio Madeira, na manhã desta quarta-feira (16), por volta de 8h45. No micro do transporte escolar, não tinha nenhuma criança; no momento que chegava ao porto hidroviário, onde foi apanhar uma doação de merenda escolar, faltou freio ao veículo e ocasionou a queda.

De acordo com registrado de ocorrência da Polícia Militar, o micro era dirigido no momento do acidente por Raimundo Nonato da Silva Barras, 51 anos. Nenhum aluno da Pestalozzi estava no veículo, apenas o motorista e seu auxiliar Amarildo dos Santos Maciel, 49 anos, que caíram com o micro nas águas do Rio Madeira.

Raimundo Nonato e Amarildo Maciel foram resgatados por homens da Marinha e levados com vida ao Hospital Dr.Gallo Manoel Ibanez. O primeiro já recebeu alta, mas o auxiliar do motorista, que demorou um pouco mais para ser socorrido, permanecerá internado por mais tempo.

Gracimar Biazze, presidente da Pestalozzi do município, disse em entrevista do Portal de Nova Olinda  que o acidente foi causado por uma falha mecânica. “Nada com falha humana. Seu Nonato foi ágil evitando uma tragédia maior”, afirmou, informando que o micro foi ao porto apanhar uma doação de merenda escolar.

De acordo com a presidente a falha no freio ocorreu na descida do porto. “Graças a Deus a perda foi apenas material e as vidas foram preservadas” acrescentou Gracimar, afirmando que o motorista poderia ter batido nos barcos ou em pedestres que iam subindo a rampa, mas conseguiu evitar uma tragédia maior.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •