Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Neste final de semana carnavalesco, cerca de 10 bandas e blocos de rua foram fiscalizados pelas polícias Civil e Militar, sob a coordenação do secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates. A ação faz parte da operação Carnaval da Paz 2020, que tem o intuito de inibir possíveis ocorrências nestes locais de grande aglomeração.

No sábado (22/02), o coronel Bonates, acompanhado da delegada-geral da Polícia Civil, Emília Ferraz, e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, esteve em bandas e blocos das zonas sul e centro-oeste. No domingo (23/02), as forças policiais do Estado estiveram em eventos realizados nas zonas sul e centro-sul da capital.

Desde a noite da sexta-feira (21/02), apenas uma banda, localizada na rua Alfazema, no bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus, foi interditada pela Central Integrada de Fiscalização (CIF) – composta pelas forças policiais, além de 15 instituições municipais e estaduais –, por não cumprir com todas as regras previstas na Portaria que regula o Carnaval 2020. Todas as outras 20 bandas fiscalizadas atendiam às exigências e puderam prosseguir normalmente com o evento.

De acordo com o secretário-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, coronel Hermes Macêdo, esse resultado se deve ao trabalho preventivo do Sistema de Segurança Pública. “A maioria das bandas procurou se regularizar, procurou trabalhar corretamente. E também devido à antecipação dos policiais militares em verificarem se as bandas e blocos estavam com a documentação correta, e não deixarem nem montar em caso negativo. Isso reduziu muito as interdições”, explicou. 

Desde o início da operação, no primeiro final de semana deste mês, todo o sistema de Segurança Pública teve o efetivo reforçado. São 1.200 policiais militares, 994 políciais civis, 144 bombeiros militares e 80 agentes do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) nas ruas de Manaus para garantir a tranquilidade e a segurança dos foliões.

Trânsito – A fiscalização da Lei Seca em Manaus, realizada pelo Detran-AM, flagrou 105 motoristas dirigindo sob efeito de álcool entre a noite de sábado e a manhã do domingo de Carnaval. Durante cerca de 10 horas de operação, 1.787 testes de alcoolemia foram realizados pelos agentes de trânsito, e 34 veículos foram removidos ao parqueamento do órgão por diversas irregularidades.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •