O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Foto: Fabio MottaEstadão
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um empresário do setor de cerâmica se matou com tiro na cabeça na frente do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, e do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque (da foto), durante abertura de um seminário sobre o mercado de gás que aconteceria em Aracaju a partir desta quinta-feira, 4. 

O evento acontecia no Radisson Hotel, em Aracaju (SE), e o empresário teria se matado momentos antes do início do Simpósio de Oportunidades: Novo cenário do gás natural em Sergipe.

Logo após a fala do governador, o empresário, que estava sentado, teria gritado: “Belivaldo, você é mentiroso” e dado um tiro na própria boca. Fontes do governo estadual contaram que o empresário era dono de uma fábrica de cerâmica que havia entrado em hibernação, por causa do alto preço do gás. Com isso, ele teria falido.

O simpósio foi encerrado imediatamente.

(Com informações de Fórum e Estadão)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •