Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Rede Feminina de Combate ao Câncer do Amazonas, realiza sua tradicional ‘Caminhada das Vitoriosas’, a qual encerra a programação da campanha Outubro Rosa no Estado, nesta quarta-feira (30). A concentração ocorre às 17h30, no anfiteatro da Ponta Negra, zona Oeste, um dos principais cartões postais de Manaus. A expectativa é que cerca de duas mil pessoas participem, explica a presidente da entidade, Tammy Cavalcante.

A atividade ocorre em parceria com a Liga Amazonense Contra o Câncer (Lacc) e Centro de Integração Amigas da Mama (Ciam). Além de chamar a atenção para a alta incidência e mortalidade do câncer de mama no Amazonas, o movimento mundial, que completou 10 anos no Estado, em 2019, também buscou conscientizar a população feminina sobre o direito à mamografia e às peculiaridades de cada paciente que desenvolve a doença, reforçando a necessidade de um tratamento individualizado e especializado.

O vice-presidente da Lacc, mastologista Jesus Pinheiro, explica que o câncer de mama é o segundo em incidência no Amazonas, perdendo apenas para o câncer de colo uterino. “Como o câncer de mama não pode ser 100% prevenido, buscamos alertar sobre a questão do diagnóstico precoce, que aumenta as chances de cura e possibilita um tratamento menos invasivo, com chances, inclusive, de preservação da mama e, consequentemente, da auto-estima feminina”, frisou.

Com décadas de experiência no assunto, ele destaca que a mamografia ainda é o exame mais eficaz contra o câncer de mama. A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) recomenda a realização do rastreio a partir dos 40 anos, anualmente. Para mulheres com casos de câncer de mama na família, a idade inicial é aos 35.

Abertura do Novembro Azul

Com o encerramento do Outubro Rosa, será iniciado o Novembro Azul, movimento que chama a atenção para a saúde masculina e, em especial, para o diagnóstico precoce do câncer de próstata, tipo de maior incidência nos homens amazonenses e também no Brasil.

De acordo com a presidente da Lacc, enfermeira oncológica Marília Muniz, o evento oficial de abertura da campanha acontece dia 31, na sede da Prefeitura de Manaus, na avenida Brasil, Compensa, zona Oeste de Manaus, e conta com a parceria do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Governo do Amazonas, Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e Rede Feminina de Combate ao Câncer.

A programação inclui a apresentação da Banda da Marinha, atividades recreativas e distribuição de material educativo. Este ano, a SBU, entidade que encabeça o movimento no País, elegeu como tema “Seja herói da sua saúde”, para estimular os homens a visitarem anualmente um urologista, de forma a realizar o rastreio e, assim, detectar precocemente o câncer de próstata.

O Instituto Nacional do Câncer (INCA), subordinado ao Ministério da Saúde (MS), estima que sejam registrados 580 novos casos da doença no Amazonas. “Com a descoberta precoce da doença, elevamos as chances de cura e, consequentemente, reduzimos a mortalidade pela doença”, frisou Marília Muniz.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •