Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Belgrado, Sérvia… [ASN] Quatro edifícios da Igreja Adventista do Sétimo Dia e o lar de 20 famílias adventistas foram destruídos pelas enchentes na Bósnia, Croácia e Sérvia, na semana retrasada. Em resposta, os expatriados desses países e outros adventistas estão contribuindo com apoio financeiro para os esforços assistenciais.

A pior enchente na região – com base no registro dos últimos 120 anos – matou, pelo menos, 40 pessoas e deslocou centenas de milhares, informou a BBC. Os oficiais da Bósnia dizem que mais de 25% da população está sem água potável.

A enchente destruiu os edifícios da Igreja Adventista em Paraćin e Svilajnac, na Sérvia, e em Trnjaci e Doboj, na Bósnia, disse Igor Bosnić, diretor da União-Associação do Sudeste Europeu, situada em Belgrado, na Sérvia.

Na Igreja Adventista de Doboj, o obreiro bíblico Josef Taši e sua esposa Marina se refugiaram no sótão para se salvarem, em 15 de maio, onde aguardaram por oito horas até serem resgatados por um bote. Eles perderam todos seus bens.

Mutirão

Em Šabac, 20 estudantes e professores do Seminário Teológico de Belgrado se uniram a um grupo de seis mil voluntários para construírem uma barreira com sacos de areia ao longo do Rio Sava, relatou Dragan Grujičić, diretor do Seminário. A equipe construiu um muro de 23 km, durante a noite de 17 de maio.

Os jovens das igrejas de Belgrado também se uniram aos voluntários para ajudar a encher os sacos com areia e para distribuírem alimentos.

O Pastor Miroslav Gagić informou que os membros da Igreja em Sremska Mitrovica realizaram um breve culto no sábado, antes de os homens saírem para trabalhar nas margens do Rio Sava. As mulheres cozinharam e distribuíram alimentos aos voluntários.

enchente-na-bosnia-croacia-e-servia-destroi-quatro-igrejas-adventistas2

Inundações na Bósnia, Croácia e Sérvia destruíram quatro templos adventistas. (Foto: ADRA Internacional)

A ADRA da Sérvia e da Croácia estão recolhendo alimentos, água potável e roupas para as pessoas que tiveram de deixar suas casas. “Devemos ajudar as pessoas nos tempos difíceis. Não devemos esquecê-las mesmo depois que as águas baixarem”, lembrou Zlatko Musija, presidente da União Adriática da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que inclui a Croácia.

Djordje Trajkovski, presidente da União-Associação do Sudeste Europeu, que inclui a Sérvia e a Bósnia, agradeceu às igrejas expatriadas na Austrália e em outros países que também se ofereceram para prover ajuda. “Sou profundamente agradecido a todas as pessoas de boa vontade que estão dispostas a nos ajudar nesta situação difícil…”, ele disse. “Asseguramos que toda a ajuda em bens e dinheiro serão entregues às pessoas que perderam suas posses.”

Os interessados em oferecer ajuda adicional e participar na reconstrução das casas nessa região podem entrar em contado com o diretor da Adra-TE, Steve Cooper, pelo e-mail [email protected]. [Equipe ASN, Miroslav Pujić]


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •