Foto: Robervaldo Rocha
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O 35º Encontro da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (Abel), que seria realizado esta semana e que contaria com a participação da Câmara Municipal de Manaus (CMM), foi cancelado por conta da pandemia. O comunicado partiu do próprio presidente da entidade, Florian Augusto Madruga, por meio de um vídeo encaminhado ao legislativo municipal. A nova data ainda não foi definida.

Em fevereiro passado, Florian esteve na capital amazonense e, na ocasião, entregou o convite para que o presidente da CMM, Joelson Silva (Patriota), participasse do evento, que ocorreria nos dias 3, 4 e 5 de junho, com a participação de diretores das escolas do Legislativo e de Contas de todo o Brasil. O objetivo da Abel – que é ligada ao Senado Federal – era realizar um profundo debate sobre assuntos relacionados às atividades e projetos desenvolvidos pelas escolas do legislativo nos âmbitos municipal, estadual e federal.

Na época, Joelson Silva destacou o trabalho realizado pelo Senado Federal junto às escolas legislativas.

“O Senado é solícito e está sempre em busca dessa parceria com as casas legislativas municipais e estaduais espalhadas pelo Brasil. Esse Encontro vai servir para o fortalecimento da nossa escola, para termos boas referências e ampliarmos nosso horizonte, na busca de instrumentos que aproximem a população da Câmara com ofertas de cursos profissionalizantes, tanto para os servidores quanto para o cidadão”, disse Joelson Silva.

Como fruto da parceria com o Senado, desde o ano passado e por conta da grande procura por cursos profissionalizantes, o presidente da CMM avalia a possibilidade de ampliação da Escola do Legislativo “Vereadora Lea Alencar”, com a criação de novas salas para laboratórios de informática e aumento do espaço da biblioteca.

Comprometimento

O presidente da Abel justificou o cancelamento do encontro como necessário, por conta do enfrentamento ao novo coronavírus, e destacou o comprometimento de instituições locais como a Câmara de Manaus, em se programar para realizar um grande encontro.

“Nesses dias, a Abel completou dezessete anos, uma data para ser muito bem comemorada… Queremos agradecer aos colegas que se prepararam muito bem para nos receber e realizar um grande encontro aí em Manaus, mas temos a certeza, a convicção de que, brevemente, estaremos novamente juntos e poderemos comemorar. O abraço que teríamos fica adiado e, quando nos encontrarmos, seremos muito mais fortes e mais unidos”, enfatizou Madruga.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •