Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

UniFOA- Se o seu próximo desafio é estudar para o Enem 2019, não perca mais tempo e comece a se organizar para isso. O período de preparação é tão importante quanto o momento de realizar a prova, pois ajuda a garantir uma boa nota.

Afinal, deixar tudo para a última hora é como ter uma missão impossível em mãos. É preciso aproveitar o tempo disponível para estabelecer um cronograma de estudos e aumentar as suas chances de ter sucesso.

Quer saber como fazer isso? Confira as 5 dicas que separamos para os candidatos!

1. Faça um plano de estudos bem realista

O primeiro passo para conseguir ser mais organizado e conciliar todas as tarefas até o dia do exame é criar um planejamento. O conteúdo é bastante extenso, e estudar sem uma programação pode fazer com que você deixe vários tópicos importantes para trás.

Então, analise a sua rotina para montar um plano de estudos realista, isto é, que seja possível de ser cumprido. De nada adianta estabelecer que você vai estudar 20 horas por dia. Embora seja preciso muita dedicação, sua vida não se resume a isso, certo?

Além das atividades básicas, é natural que você tenha compromissos sociais ou uma consulta médica de vez em quando. Se ainda estiver na escola, seu tempo também será reduzido.

Sendo assim, confira a sua disponibilidade e defina metas encaixando todo o material que precisa ser visto, além da parte de atualidades e treino para a redação. Faça isso em uma plataforma virtual ou mesmo com papel e caneta — apenas deixe em um local de fácil visualização para não perder o foco.

2. Descubra qual é o melhor método para você

Outro passo para aumentar a produtividade e alavancar seus estudos para o Enem 2019 é descobrir qual é o método mais eficaz para você. Isso inclui considerar uma série de fatores como:

  • ter ou não uma companhia;
  • intercalar matérias ou seguir com um mesmo assunto até o fim do dia;
  • preparar resumos sobre cada tema ou permanecer só na leitura;
  • grifar as partes mais importantes do texto ou não fazer isso;
  • usar a técnica de autoexplicação e dar aulas para si mesmo ou ler silenciosamente;
  • fazer mapas mentais para condensar os conteúdos e facilitar a visualização etc.

Enfim, são diversas as possibilidades que podem ser exploradas. O mais importante é perceber quais delas funcionam melhor com você. A partir disso, reveja o seu plano de estudos para deixá-lo cada vez mais eficiente!

3. Respeite o seu rendimento

Por mais que você esteja muito motivado, uma hora ou outra a mente e o corpo ficam cansados. Logo, outro detalhe a ser considerado é que cada pessoa tem particularidades que precisam ser respeitadas, especialmente se o objetivo é aproveitar o tempo da melhor forma possível.

Enquanto alguns estudantes acordam bem-dispostos e prontos para encarar uma manhã cheia de estudos, outros não conseguem ser tão produtivos nesse período. Assim, é melhor que esse último grupo se organize para dormir um pouco mais e utilize outra parte do dia para estudar — alguns preferem até ficar acordados de madrugada.

No fim das contas, é uma questão de conhecer o funcionamento do seu organismo e estabelecer prioridades para dar conta de todo o cronograma previsto. 

4. Afaste as distrações

Se tem uma coisa que atrapalha a vida dos estudantes são as distrações. Às vezes ficamos muito conectados com as tecnologias, o que acaba consumindo muito um tempo precioso. 

Portanto, uma das medidas para ganhar eficiência é abandonar os hábitos que prejudicam a sua concentração. Comece desligando os eletrônicos e encontrando um local tranquilo para estudar.

5. Estabeleça períodos de descanso

Para completar, não deixe de cuidar do seu próprio bem-estar. Viver uma rotina intensa de estudos exige muito da saúde de qualquer pessoa e, nesse sentido, ter boas noites de sono faz toda a diferença.

Além disso, os intervalos também são fundamentais para descansar a mente e retomar a sua capacidade de atenção. Acredite, sugestões como essas podem transformar os seus resultados!

Viu só como não é tão difícil se organizar melhor para o Enem 2019? Para ajudá-lo ainda mais, confira as nossas dicas de como controlar a sua ansiedade!


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •