Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Após perder o emprego por causa da pandemia, Alessandro Magno, 25 anos, começou a fazer entregas para garantir o sustento da família. O paraense leva a filha Ana Vitória, 4 anos, na garupa da bicicleta para trabalhar nas ruas de Belém, no Pará.

De acordo com informações do G1, a foto, que viralizou nas redes sociais desde o dia 22 de julho garantiu a Alessandro doações e algumas entrevistas de emprego na capital.

O paraense trabalhava como auxiliar de cozinha em um restaurante, mas o estabelecimento faliu no início do surto do coronavírus. Alessandro ficou responsável por cuidar da filha para que a mulher pudesse trabalhar.

Sem emprego, ele passou a fazer entregas no período da manhã, como forma de contribuir no sustento da casa. “Foi a forma que achei de ajudar em casa para não faltar nada para minha filha”, explicou.

“Teve um dia que cheguei em casa sem fazer uma só corrida. E minha filha disse: ‘pai, quero banana’. Eu pensei: ‘Deus vai prover’. No mesmo dia, um amigo pediu pra fazer um serviço no celular. Com o dinheiro, fomos comprar comida. Ela veio muito feliz! Eu, como pai, não quero deixar faltar nada pra minha filha”, contou.

Redes sociais

Após viralizar nas redes sociais, várias pessoas entraram em contato com Alessandro para ajudá-lo. Uma vaquinha virtual foi criada para arrecadar doações para a família do paraense.

“Quero agradecer a todas as pessoas que estão me oferecendo ajuda. Teve até uma moça da Inglaterra que depositou dinheiro. Fui chamado para fazer entrevistas de emprego”, afirmou.

O entregador afirma que vai utilizar as doações para construir sua casa, comprar alimentos para a filha e investir no futuro de Ana Vitória. “Nunca esperei por essa repercussão. Tenho o sonho de ver minha filha se formar”, concluiu. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •