Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) reuniu, na tarde desta quarta-feira, 11, todos os coordenadores das ações da pasta que vão ser colocadas em prática durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™. O secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, acompanhou todo o processo de finalização das estratégias.

“Nós estamos prontos para o maior evento esportivo do mundo. Todas as coordenadorias ligadas à atenção à saúde, durante a Copa do Mundo, foram preparadas para o evento. Com isso, fica o legado com grandes projetos que vão nos dar suporte técnico para que possamos atuar cada vez de formaeficaz na garantia da saúde em Manaus”, disse Homero.

A Arena da Amazônia, na zona Centro-Oeste, a Ponta Negra, na zona Oeste, e a transmissão pública no Jorge Teixeira, na zona Leste terão a atenção especial dos profissionais da saúde da Semsa. Nestes locais, as equipes vão trabalhar atendendo a estratégias criadas ao longo dos últimos dois anos.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) vai dispor de atendimento médico-hospitalar fixo, em um container na Ponta Negra com oito leitos, onde ocorrerá a Fan Fest e duas tendas na avenida Itaúba, com seis leitos. Durante os dias de festa nos dois locais, e os jogos na Arena da Amazônia estarão prontas para atender a população as 30 Unidades de Suporte Básico (USBs) e sete Unidades de Suporte Avançado (USAs), além de um veículo de Intervenção Rápida (VIR) e dez Unidades de Transporte Inter-Hospitalar. “Nós estamos preparados para atender qualquer chamado, inclusive com reserva técnica de 16 ambulâncias”, disse a coordenadora municipal de urgência e emergência de Manaus, Moísa Bomfim.

A diretora de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (DVAE), Angélica Tavares, acompanhou e aprovou a análise da água da Arena da Amazônia e promoveu a imunização contra a Influenza de profissionais que vão atuar na Copa do Mundo, além de fazer o monitoramento sanitário nos locais de grande concentração de torcedores. Profissionais da Semsa também foram treinados para colher dados por meio do Epi Info, um software que vai ajudar no contato e detecção rápida de problemas com soluções imediatas de problemas ligados à realização da Copa do Mundo com conexão via internet com o Centro Integrado de Operações Conjuntas da Saúde (CIOCS). “Nós também promovemos as ações ambientais com a divulgação de informações nos quartos de hotéis contra a exploração sexual infantil, além da informação para divulgar o0800 280 8 280, com atendimento bilíngue”, disse Angélica.

Desde agosto de 2013, a Visa Manaus vem realizando visitas aos estabelecimentos que vão comercializar alimentos em Manaus no período da Copa do Mundo. Em atendimento aos processos criados pela Anvisa, os fiscais da Visa Manaus credenciaram bares e restaurante que estão recebendo a categorização, com selos adesivados na entrada dos estabelecimentos, com as letras “A”, “B” e “C”. “Nosso trabalho de vigilância continua intenso, a partir do início dos jogos na Arena da Amazônia, como também, na verificação de passíveis problemas na Fan Fest e na transmissão pública dos jogos no Jorge Teixeira”, disse o gerente de alimentos da Visa Manaus, Fernando Branco.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •