Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Nesta semana, “Amanda”, “No Coração do Mundo” e “Santiago, Itália” são os três filmes que compõe a programação do Cine Casarão desta semana. Os ingressos custam R$ 5 (meia) e R$ 10 (inteira).

“Amanda”, dirigido por Mikhaël Hers. A sinopse do filme conta a história de um homem de 20 anos que vive adiando o tempo para tomar decisões mais sérias. Este sonhador solitário sucumbe ao encanto de uma vizinha recém-chegada. Porém, o ritmo descontraído de sua vida aumenta a sua velocidade quando sua irmã mais velha é brutalmente morta em um ataque. Agora, ele deve se encarregado de sua sobrinha de sete anos, Amanda.

O drama tem censura de 14 anos e está em cartaz nesta quinta-feira (1) às 16h, sexta-feira (2) às 18h30 e sábado (3) às 20h30.

Outro drama que este em exibição é o brasileiro “No Coração do Mundo”, estrelado por Grace Passos. Na trama, Selma está disposta a cometer um assalto ao lado de Marcos (Leo Pyrata), mas para que o plano dê certo eles precisam de uma terceira pessoa. É quando entra em cena a cobradora de ônibus Ana (Kelly Crifer), convidada a participar do golpe.

Com Barbara Colen, Rute Jeremias e Renato Novaes completando o elenco, No Coração do Mundo estreia dia 1º de agosto com sessão na quinta-feira às 18h30, sexta-feira às 20h30, sábado às 16h e no domingo às 17h.

Documentário

Outra grande estreia é do documentário italiano “ Santiago, Itália”, de Nanni Moretti. sobre o começo dos duros anos da perseguição implacável do governo do ditador Pinochet aos refugiados estrangeiros no país e, em geral, a todos os opositores desse regime chileno, mostra em toda sua força a ferocidade da ditadura comandada pelo general e inaugurada em 1973, apoiada pelos militares, pelo capital – os principais empresários do país -, pela imprensa, a burguesia chilena e com a benção e assessoria ativa do governo dos Estados Unidos.

Com este filme, Moretti foi o vencedor do prêmio Davi de Donatello na categoria Melhor Documentário e recebeu o Nastro d’Argento concedido pelo Sindicato Nacional dos Jornalistas de Cinema Italiano, ano passado.

Em Santiago, Italia (de 2018), ele narra como a embaixada italiana no Chile abrigou perseguidos políticos durante a primeira hora da ditadura chilena (1973 a 1990). Piero De Masi e Roberto Toscano eram os embaixadores italianos em Santiago.

O documentário estará em exibição quinta-feira às 20h30, sexta-feira às 16h, sábado às 18h30 e no domingo às 19h.

Serviço:

Onde: Cine Casarão – rua Barroso, 279, Centro

Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia).


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •