Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Manacapuru – O estudante Leandro Cardoso da Silva 21 anos, foi preso por policiais civis da Primeira Delegacia Regional de Policia Civil de Manacapuru (a 68 km de Manaus), acusado de ter arremessado uma garrafa de vidro de 900ml na cabeça do menino Geilton Souza de Castro, de apenas 11 anos.

A criança foi levada para o Hospital Lazaro Reis de Manacapuru, com um corte profundo na parte frontal da cabeça e com o olho direito atingido e correndo risco de morte.

Em estado grave, depois de receber os primeiros atendimentos em Manacapuru a criança foi transferida para o Pronto Socorro Joãozinho, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com o delegado plantonista Bentes Rodrigues, Leandro, em depoimento na delegacia negou ser autor do delito. “Ele nega que tenha atirado a garrafa, mas três testemunhas o reconheceram como autor do crime contra a criança”, informou.

Bentes disse ainda que, Leandro foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e encaminhado ao presídio do município.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •