Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma das fãs de Thiaguinho ficou revoltadíssima com o evento ‘Tardezinha Surreal’, que aconteceu na noite do último domingo, em Salvador, e contou com a participação de Léo Santana. Em um longo desabafo, Maiane Nascimento se mostrou muito decepcionada com a postura dos seguranças na saída do evento. Segundo ela, os profissionais foram truculentos com o público que deixava o local.

“O evento foi ótimo, mas a saída foi um pesadelo que eu ainda não acordei. Os seguranças da empresa Brigada Segurança fizeram um tipo de corda humana para retirar as pessoas de dentro do espaço depois que o show acabou, até ai tudo bem. Mas a questão é, eles estavam empurrando as pessoas de forma truculenta e uma dessas pessoas foi minha prima e ela quase foi ao chão. Ela chamou um deles e falou que não precisava ser dessa forma, que com educação se resolvia, uma segurança veio por trás do segurança que minha prima estava conversando e deu um murro no rosto dela”, começou ela explicando o início da confusão.

Maiane disse ainda que o pior veio depois: o tio e primo dela tentaram defender a prima que teria levado um soco, e foi a partir daí que a treta começou. “Meu tio e meu primo que viram o que aconteceu foram até minha prima tentar socorrer e ver o que aconteceu de fato. O inferno começou aí, os seguranças deram gravatadas em meu tio e meu primo, imobilizaram eles se uma forma terrível e eu entro exatamente nessa parte”, contou. A jovem revelou em seguida ter tido seu celular retido pelos seguranças, após eles constatarem que ela filmava toda a confusão.

“Eu gravei tudinho, tinha tudo em mãos e estava pedindo para eles soltarem os dois. Um dos seguranças que estava segurando meu tio, soltou meu tio e veio até mim para tentar levar meu celular e eu segurei com força e disse que não iria soltar. Depois disso eu levei um murro no rosto e sentir ele puxando meu celular e aí perdi os sentidos. Sim, eu apanhei de um homem em uma festa e tive meu celular furtado. Minha ferramenta de trabalho, onde tinha meus projetos da faculdade, inclusive tinha a iniciação do meu TCC. Eu perdi tudo, por que meu celular não estar na minha mão e eu acredito que eu não irei mais conseguir recuperar”, lamentou. (Com informações de O Dia)

View this post on Instagram

Eu nem sei se deveria me expor tanto desse jeito, mas chega uma hora que cansamos. Domingo eu fui em uma festa, o @tardezinha Quem me acompanha aqui sabe que falou em festa eu tô lá e o tardezinha então, eu sou louca apaixonada no evento. O evento foi ótimo, mas a saída foi um pesadelo que eu ainda não acordei. Os seguranças da empresa @brigadaseguranca fizeram um tipo de corda humana para retirar as pessoas de dentro do espaço depois que o show acabou, até ai tudo bem. Mas a questão é, eles estavam empurrando as pessoas de forma truculenta e uma dessas pessoas foi minha prima e ela quase foi ao chão. Ela chamou um deles e falou que não precisava ser dessa forma, que com educação se resolvia, uma segurança veio por trás do segurança que minha prima estava conversando e deu um murro no rosto dela. Nisso meu tio e meu primo que viram o que aconteceu foram até minha prima tentar socorrer e ver o que aconteceu de fato. O inferno começou aí, os seguranças deram GRAVATADAS em meu tio e meu primo, imobilizaram eles se uma forma terrível e eu entro exatamente nessa parte. EU GRAVEI tudinho, tinha tudo em mãos e estava pedindo para eles soltarem os dois. Um dos seguranças que estava segurando meu tio, soltou meu tio e veio até mim para tentar levar meu celular e eu segurei com força e disse que não iria soltar. Depois disso eu levei um MURRO no rosto e sentir ele puxando meu celular e aí PERDI OS SENTIDOS. Sim, eu APANHEI de um homem em uma festa e tive meu celular furtado. Minha ferramenta de trabalho, onde tinha meus projetos da faculdade, inclusive tinha a iniciação do meu TCC. EU PERDI TUDO, pq meu celular não estar na minha mão e eu acredito que eu não irei mais conseguir recuperar. Depois que recuperei os sentidos, os seguranças fizeram chacota de mim e da minha família, disse que o celular estava seguro e que não iria devolver, tentaram me dar uma "carona". SIM, os próprios que furtaram meu celular e me agrediram queriam me levar para delegacia. Imagine o que não iria acontecer se eu entrasse nesse carro. Eu estou desabafando pq eu estou correndo atrás do que eu devo e soube que essa empresa já tem um histórico extenso em fazer isso. CONTÍNUA..

A post shared by Maiane Nascimento (@maianensc) on


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •