Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O ano acadêmico de milhões de estudantes de graduação no país foi impactado pela crise do coronavírus e o isolamento social, imposto pela pandemia, exigiu adaptação das dinâmicas de ensino, como forma de garantir a continuidade e consistência do processo de formação. Na Faculdade SENAI CETIQT, não foi diferente.

A capacitação de docentes, dos colaboradores e dos alunos para o uso das novas ferramentas tecnológicas de educação, foi um dos passos mais importantes nesta caminhada, o que proporcionou para a instituição a chance de executar ações como a apresentação de trabalhos de conclusão de curso, a realização da colação de grau e a produção de lives e webinars, que surgiram após a mobilização de todos os professores para a criação de conteúdo. No total, cerca 260 disciplinas dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Química e Design de Moda, foram executadas no primeiro semestre.  Para Márcia Castoldi, coordenadora dos cursos de Engenharia Química e de Produção, “a maior mudança foi o relacionamento entre as pessoas, que se tornou virtual, deixando o convívio diário, o que acarretou na melhoria contínua dos recursos tecnológicos oferecidos pela instituição”.

“Acho importante falar do acompanhamento e apoio ao corpo docente, com suporte pedagógico no planejamento das aulas, acompanhamento pedagógico durante as aulas virtuais e reunião semanal com equipe de professores”, lista Ana Claudia Lopes, Coordenadora do curdo de Design de Moda.

Mercia Rodrigues, Coordenadora de Ensino Superior, cita que “além de disponibilizar para o aluno as aulas nos mesmos horários existentes no regime presencial, o conteúdo fica gravado e disponível para que todos possam revisitar os assuntos. Com o método, o aluno tem maior flexibilidade de horário atribuído aos estudos. Um ponto importante é que toda operação de iniciação científica, monitoria, mentoria, palestras e capacitações foi mantida de forma remota.

No último dia 19 de agosto foi a equipe da Faculdade SENAI CETIQT apresentou a estrutura da organização, o que produziu um momento de integração entre os novos alunos do curso de graduação em Design de Moda e os Coordenadores da instituição.

Para a estudante Fernanda Loge, que está no 1º período do curso de Design de Moda, a experiência está sendo a melhor possível: “eu priorizo as aulas ao vivo, então ajustei minha rotina para acordar cedo e assistir as aulas em tempo real. Eu estou gostando muito pois ganho tempo de translado. Como eu trabalho, está sendo um ganho assistir as aulas remotamente. Além do mais, as aulas não estão deixando nada a dever ao modelo presencial, os professores estão sabendo levar com excelência”, analisa.

Estratégias para o segundo semestre

Para o segundo semestre, a Faculdade, através do Núcleo Docente Estruturante (NDE) reorganizou e revalidou a matriz curricular de cada curso, para garantir a continuidade da consistência das atividades até dezembro, sem prejuízo na aprendizagem do aluno.

Segundo a Coordenadora do Curso de Design de Moda, Ana Claudia Lopes, a expectativa é que o segundo semestre do ano seja de maior conexão entre instituição e alunos. “Tivemos surpresas positivas sobre o aproveitamento e qualidade dos trabalhos que foram apresentados e entregues. Os nossos alunos estão buscando mais as disciplinas práticas e isso mostra que a mística do ambiente virtual foi desfeita e que eles aproveitaram a oportunidade construída pela Faculdade SENAI CETIQT, seu corpo docente e seus alunos.”

O SENAI CETIQT

O Centro de Tecnologia da Indústria Química e Têxtil – SENAI CETIQT – é formado pela Faculdade SENAI CETIQT, Instituto SENAI de Inovação em Biossintéticos e Fibras e Instituto SENAI de Tecnologia Têxtil e de Confecção. Criado em 1949, é hoje um dos maiores centros de geração de conhecimento da cadeia produtiva química, têxtil e de confecção, setores que juntos geram cerca de 11,9 milhões de empregos no país.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •