Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um garoto de 14 anos da Zona Norte de São Paulo (SP), por pouco, não engoliu um pedaço de dedo humano que estava dentro de uma esfirra que foi enviada por um restaurante da região.

O caso aconteceu na noite de sábado (11). De acordo com a Polícia Militar, a mãe do garoto acionou a corporação após seu filho perceber que, ao morder a esfirra fechada, havia um fragmento de dedo decepado junto ao recheio.

Procurado pela PM, o dono do restaurante, que não teve o nome divulgado, informou que um dos funcionários teria perdido parte do dedo no último dia 9 quando estava cortando uma linguiça.

“O proprietário relatou que um dos funcionários havia decepado o dedo cortando calabresa, que procurou, mas não achou e foi encaminhado ao Hospital”, informou a polícia.

A secretaria de Segurança Pública de São Paulo relatou que os alimentos do estabelecimento foram apreendidos e encaminhados ao Instituto de Criminalística, bem como o fragmento de dedo, que foi enviado ao Instituto Médico Legal.

O restaurante será investigado por crime contra as relações do consumo , perigo para a vida ou saúde de outro, localização/apreensão de objeto e lesão corporal culposa. O caso foi registrado no 20º Distrito Policial da Água Fria. (Revista Fórum)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •