Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – O youtuber Felipe Neto fez um desabafo no Twitter sobre um processo movido pelo pastor Sila Malafaia contra ele. A ação, que corre na Justiça desde 2017, diz respeito a um vídeo publicado pelo digital influencer, no qual ele ironiza um pedido de boicote à Disney feito por Malafaia após a empresa exibir um beijo gay no desenho Star vs. As Forças do Mal.

“Silas Malafaia está me processando criminalmente, buscando minha condenação à prisão, simplesmente por eu ter acabado com seu esquema de boicotes à empresas que apoiam causas LGBT. Quando me processou na justiça criminal, sua estratégia de silenciamento era de que eu ficaria com medo e aceitaria o acordo”, disse Felipe.

Foi então que houve uma audiência de conciliação. “Ele apareceu pomposo, dizendo que era só eu deletar o vídeo e pedir desculpas publicamente que ele removeria o processo. Quando deixei claro que ele poderia me processar 800 vezes, e eu jamais iria me permitir silenciar, e que não aceitava o acordo, ele ficou uma fera. Claramente não esperava por isso. Achava que estava lidando com um menino do YouTube. Saiu de lá sabendo onde tinha se metido”, contou.

“O processo segue correndo. Ele busca minha condenação com sentença de prisão, simplesmente por eu ter feito meu papel de ser humano e defendido outros seres humanos. E eu posso vir a ser condenado, podem mover mundos para me calar, mas nunca irei deixar de lutar”, disse.

Felipe contou tudo isso para falar sobre o pedido de recuperação judicial da empresa de Malafaia após declarar que não consegue vender 25% do que vendia antes. “A Justiça humana pode falhar, amigos. Mas a justiça do caráter, essa muitas vezes resolve. Faça o bem e você provavelmente seguirá recebendo o bem. Faça o mal… E veja até quando durará seu sucesso”, desabafou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •