Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

FAMOSIDADES – Moyses Macedo foi condenado a pagar uma indenização de R$ 40 mil a uma massagista, ex-prestadora de serviços na Record, após perder uma ação judicial por danos morais.

Mensagens do cantor gospel a respeito da profissional vazaram e o juiz Marcelo Augusto de Oliveira, da 41ª Vara Cível do Foro Central Cível de São Paulo, entendeu que a autora da ação foi humilhada.

No Twitter, o famoso teria postado que estava com “nojo” da massagista, uma “p*** baiana”, e que ela teria “aids”. “Gorda, falei para ela sair de mim e disse: ‘Boa sorte na sua carreira’”, escreveu.

De acordo com o portal “Jota”, Macedo alegou em sua defesa que não lembra de ter feito massagem com a moça e questionou as mensagens, já que o perfil não seria seu.

O Twitter foi intimado a fornecer dados sobre a origem das publicações, mas declarou que não tem obrigação de manter e/ou monitorar as publicações de seus usuários.

“O autor, aproveitando-se de sua posição de superioridade hierárquica, difundida na condição de filho do proprietário da emissora de televisão, julgou-se no direito de fazer pouco da honradez da autora”, afirmou o juiz em sentença.

E acrescentou: “Diminuindo-a e menosprezando-a, em privado e em público, de forma ignóbil e abjeta, com a única finalidade de humilhá-la. É o bilinguis maledictus de que a Bíblia fala”.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •