Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O filho mais velho de Gugu Liberato, João Augusto Liberato, registrou um boletim de ocorrência contra a própria mãe, Rose Miriam di Matteo, após o enterro do pai, em novembro de 2019. As informações são da revista Veja.

O episódio ocorreu dias depois da leitura do testamento deixado por Gugu. Antes de João registrar o B.O, a mãe havia feito o mesmo contra o advogado Carlos Regina, amigo do apresentador.

Rose afirma ter sido coagida pelo advogado a assinar um documento. No entanto, a queixa de João ocorreu quase que simultaneamente à da mãe, que não esperava a atitude do filho. Já João afirma que a mãe o induziu a ir à casa de um “amigo”. Ao chegar lá, ele teria constatado que o amigo, era, na verdade, Nelson Wilians, advogado da mãe.

O jovem afirma que se sentiu em uma “cilada”. O profissional seria responsável por representar os interesses de Rose em relação ao testamento e à herança. João, portanto, decidiu ir embora e comunicar às autoridades o ocorrido.

Em entrevista, a mãe do apresentador Maria do Céu, afirma que nunca mais perdoaria Rose pelo o que ela fez. “O João veio passar o Natal comigo. Já as meninas (Marina e Sofia) ficaram nos Estados Unidos. A gente era uma família muito feliz (chora). Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim, dizendo que iria fazer um retiro religioso enquanto largou meus netos sozinhos nos Estados Unidos para vir ao Brasil armar essa briga na Justiça”, afirmou.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •