Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O Flamengo anunciou, nesta quinta-feira, que o banco digital BS2 deixará de patrocinar o time masculino, feminino e as categorias de base do clube no final de junho. O motivo atribuído pelo clube para a ruptura foi uma decisão “estratégica” do banco, que é patrocinador master da equipe carioca há pouco mais de um ano.

“O Flamengo agradece a confiança depositada pelo BS2 em todo este período. Juntos fizemos a parceria mais vitoriosa do futebol brasileiro, com a tríplice coroa (Campeonato Carioca, bicampeonato da Libertadores e heptacampeonato brasileiro), em 2019, e a Recopa e a Supercopa, em 2020”, disse o clube, em comunicado.

A parceria com o banco gerava ao Flamengo ao menos R$ 15 milhões anuais, mais variáveis. O vínculo do patrocínio se estenderia até dezembro, mas, com a decisão, será válido até o dia 30 de junho. O BS2 não é primeiro patrocinador a romper parcerias com o clube da Gávea. Em março, o Azeite Royal também rescindiu seu contrato com os rubro-negros, que rendia R$ 3 milhões anuais. 

Com a decisão de deixar o Flamengo em junho, é possível que a marca apareça no uniforme do clube apenas por mais algumas partidas. O Campeonato Carioca pretende retomar o calendário no próximo mês, porém ainda não tem data confirmada.

Leia na íntegra o comunicado:

“O próximo dia 30 de junho irá marcar o final da parceria entre Flamengo e BS2. Devido a uma decisão estratégica, o banco digital optou por descontinuar o acordo depois de pouco mais de um ano como patrocinador master do futebol do Clube. O BS2 também deixará de patrocinar o time feminino e as categorias de base.

Os clientes da conta BS2 Flamengo poderão continuar a usufruir dos serviços do Banco nos mesmos termos do contrato já assinado e utilizando o mesmo cartão da conta.

O Banco BS2 continua na torcida pelo Rubro-Negro e deseja muitos sucessos e títulos futuros ao clube e à Nação e o Flamengo agradece a confiança depositada pelo BS2 em todo este período. Juntos fizemos a parceria mais vitoriosa do futebol brasileiro, com a tríplice coroa (Campeonato Carioca, bicampeonato da Libertadores e heptacampeonato brasileiro), em 2019, e a Recopa e a Supercopa, em 2020.” (Estadão)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •