Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – Embalados pelo bom início de temporada, Flamengo e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira, no Maracanã. As duas equipes estão na liderança de seus respectivos grupos e buscam manter a vantagem pela vaga nas semifinais da Taça Guanabara.

No Flamengo, o técnico Maurício Souza tem conseguido os resultados com uma equipe formada por jovens jogadores. O comandante exaltou o comprometimento dos rubro-negros.

“Acho que todo jogo tem sido um grande teste. Se a gente considerar a idade, que se o Flamengo não tivesse feito um ano mágico ano passado, talvez essa equipe não estivesse em campo. Acho que o Flamengo está se comportando muito bem nos jogos”, disse.

Maurício Souza ressaltou que não vai mudar o estilo de jogo da equipe contra o Fluminense.

“Não sei como o Fluminense vai vir, mas a gente não quer valentia. Nós queremos entrar em campo e mostrar dedicação, organização e que é um grupo muito forte apesar de jovem”, declarou.

Para esta partida, os rubro-negros não terão o atacante Vitor Gabriel, negociado com o Braga-POR. Assim, Maurício Souza pode repetir a formação que venceu o Volta Redonda na rodada passada.

No Fluminense, o clima é de confiança após a goleada sobre o Bangu. Mesmo com uma formação modificada, com alguns jogadores estreando no meio de semana, a equipe teve uma boa atuação.

Para o confronto contra o Flamengo, Odair Hellmann não quis adiantar a escalação, mas deve optar pelo retorno de alguns dos principais jogadores do elenco.

“O que vamos fazer contra o Flamengo é o que já estava determinado antes, independe do que o adversário vai fazer ou não. Precisamos construir uma equipe. Muitos jogadores não atuaram juntos ainda. Precisamos seguir este processo. Só assim vamos conquistar vitórias lá na frente, com um time coeso. Vamos fazer na quarta o que já estava em nosso planejamento”, disse.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •