Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – O Fluminense reencontrou o caminho das vitórias na partida contra o Grêmio, quando derrotou os reservas do Tricolor gaúcho por 2 a 1, se mantendo fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Porém, com 22 pontos conquistados, o time ainda flerta perigosamente com a área de risco da tabela de classificação. Na visão dos jogadores, o duelo contra os gremistas precisa marcar a arrancada do time na competição para que não se corra riscos na reta final.

“Nós precisamos fazer desse jogo contra o Grêmio um divisor de águas para mudarmos a nossa realidade no Campeonato Brasileiro. Temos que aproveitar a semana sem jogos para trabalharmos de olho no clássico”, disse o atacante João Pedro.

O clássico a qual o jogador do clube carioca se refere será contra o Botafogo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo os matemáticos de plantão, é preciso mais de 45 pontos para conseguir escapar da degola.

Temos que buscar muitos pontos porque não fizemos um grande primeiro turno, mas sabemos que podemos se conseguirmos nos superar a cada partida, como fizemos contra o Grêmio – disse o meia Nenê.

O elenco do Fluminense, que ganhou folga na segunda-feira, se reapresentou nesta terça-feira para a realização de um trabalho regenerativo. Nesta quarta-feira o auxiliar Marcão, interinamente na função de treinador, começa a definir a escalação para o clássico.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •