Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Um dos cozinheiros mais famosos do Brasil, Henrique Fogaça relembrou sua trajetória em entrevista para a colunista Fábia Oliveira, do O Dia, divulgada neste domingo (23/8). “Um belo dia fui fazer um bife e não parei mais de cozinhar. Como sempre gostei muito de comer, eu fui cozinhando”, lembra o jurado do MasterChef.

Aos 46 anos, pai de Olívia, João e Maria, Fogaça ama skate, tatuagens e rock, mas não gosta de buchada e revela que não se identifica com a fama de mau que conquistou com a participação no reality culinário.

“A fama de mau é o que a televisão mostra. Da mesma forma que eu sou no ‘MasterChef’, eu sou com as pessoas nas ruas. Sou uma pessoa comum e as pessoas criaram essa fama de mau, mas eu não sou. Eu sou justo. Eu avalio, falo o que eu penso e sempre trazendo a verdade. Talvez a forma com que eu falo parece ser mau. Mas eu sou do bem (risos). Eu entendi e entendo. Mas o que eu sou mesmo é transparente”, garante Fogaça.

Durante a entrevista, Henrique Fogaça falou, ainda, o que pensa dos haters e da atual política de cancelamentos da internet. “Acho uma cambada de babacas, trouxas e idiotas que ficam atrás dos computadores destilando ‘odinho’ pela sua pura e total incompetência de ser uma pessoa produtiva, feliz, trabalhadora e profissional. Com certeza esses haters são pessoas frustradas, olhando a vida alheia. Existem vários tipos de haters, mas eu não estou nem aí. Não ligo”, concluiu. (Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •