Foto: Tereza Neuberger
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Três pessoas foram indiciadas nesta quinta-feira (30/01/2020) pelo desabamento do Edifício Andrea, em bairro nobre de Fortaleza (CE), no dia 15 de outubro do ano passado. As informações são do O Povo.

Dois engenheiros e um pedreiro da Alpha Engenharia LTDA foram apontados como responsáveis pela queda. De acordo com o laudo técnico feito pela Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), uma intervenção inadequada foi determinante para o desabamento.

O documento apontou que uma série de falhas causou a queda, entre elas a falta de manutenção e um compartimento no oitavo andar.

O desabamento do Edifício Andrea deixou nove pessoas mortas e um sem-número de famílias foram prejudicadas, entre moradores do prédio e vizinhos.

Irregular
Segundo informações repassadas pela Prefeitura de Fortaleza à época, a estrutura foi construída de maneira irregular. O edifício não constava nos registros oficiais da administração municipal. Até 1977, havia uma casa no lugar.
Os moradores informaram, após o desabamento, que o prédio estava em obras. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) confirmou ter sido notificado de que o edifício passaria por manutenção.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •