Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Diretamente de Portugal, Adriane Galisteu publicou um vídeo em seu canal do YouTube na quarta-feira (29/7) e aproveitou para falar sobre seu namoro com o piloto Ayrton Senna. Intitulada “Os caminhos de Portugal que me trouxeram até aqui”, a apresentadora comentou sobre sua ligação com a cidade após a morte do ídolo de corrida.

“Aqui é um lugar que o Ayrton amava de Portugal. O melhor amigo dele tem uma quinta aqui, que é o Antônio Carlos de Almeida Braga, e a esposa dela, Luíza Almeida Braga, que se chama Quinta da Penalva, que foi onde eu e Ayrton nos divertimos muito. Depois que ele morreu, vivi durante um ano nessa quinta. Esse lugar conta a minha história”, começou Galisteu.

A apresentadora ainda mostrou os locais pelo qual andava com o piloto: “Foi assim que eu vivi durante praticamente um ano. Aqui tem um labirinto, que é mais ou menos como eu imaginava minha vida. Eu não sabia o que iria encontrar, mas achava que um dia daria certo. Eu tinha que escolher alguns caminhos. Escolhi o caminho do trabalho e resolvi encarar”.

“A comunicação é o meu negócio. Sempre foi. Quando a gente acredita, ninguém pode dizer que não. Algo aqui dentro me dizia. Mesmo sem dinheiro, numa situação difícil e morando nesta terra de favor, falava ‘eu vou conquistar’. De um jeito ou de outro, os caminhos me levaram para o meu trabalho, para as coisas que realmente nasci para fazer”, seguiu a atriz.

Por fim, ela afirmou que não foi graças ao piloto que chegou aonde está hoje: “Sou uma mulher que carrego minha história com Ayrton não como um fardo, mas como um escudo. Tenho muito orgulho da história que vivi, da mulher que sempre fui, e hoje sou muito realizada nesse plano pessoal. Tenho um marido que entende minha história… eu venci!”.

(Metrópoles)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •