Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Foi instituído em 1981 pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) agosto como sendo o mês vocacional, onde os cristãos são chamados a refletir sobre a sua vocação. Vocação é aquilo que a pessoa identifica como sendo a forma pela qual ela vai ser feliz na vida, se como padre, freira, pai, mãe, médico, cantor, advogado, professor, jogador de futebol, etc. Qual é a vocação que mais chama atenção dos jovens hoje em dia? Será a vocação sacerdotal?

Luís Phillipe Ramiro Lemos, Enzo Gabriel, João Miguel, Arthur, Bernardo, Miguel, Heitor, Davi, Lorenzo, Théo, Pedro, Gabriel, Enzo, Matheus, Lucas, Benjamim, Nicolas, Guilherme, Rafael, Joaquim, Samuel, Henrique, Gustavo, Murilo, Pietro, Felipe, João Pedro, Isaque, Benício, Daniel, Anthony, Leonardo, Davi Lucca, Bryan, Eduardo, João Lucas, todos são adolescentes.

Victor, João, Cauã, Antônio, Vicente, Calebe, Gael, Bento, Caio, Emanuel, Vinícius, João Guilherme, Davi Lucas, João Gabriel, João Victor,  Luiz Miguel, Francisco, Kaique, Otávio, Augusto, Levi, Yuri, Enrico, Thiago, Ian, Victor Hugo, Thomas, Henry, Luiz Felipe, Ryan, Arthur Miguel, Davi Luiz, Nathan, Pedro Lucas, todos estão pensando em suas vocações.

Davi Miguel, Raul, Pedro Miguel, Luiz Henrique, Luan, Erick, Martin, Bruno, Rodrigo, Luiz Gustavo, Arthur Gabriel, Breno, Kauê, Enzo Miguel, Fernando, Arthur Henrique, Luiz Otávio, Fernando, Luiz Otávio, Carlos Eduardo, André, José, Yago, Danilo, Anthony Gabriel, Ruan, Miguel Henrique, Luiz Carlos, João Marcos, todos têm o mesmo sonho.

Marcos Antônio, Pedro, Pedro Luiz, Miguel Augusto, César, Arthur Bernardo, Heitor, Davi, Lorenzo, Théo, Pedro, Gabriel, Enzo, Matheus, Lucas, Benjamim, Nicolas, Guilherme, Rafael, Joaquim, Samuel, Enzo Gabriel, João Miguel, Henrique, Gustavo, Murilo, Pietro, Felipe, João Pedro, Isaque, Benício, Daniel, Anthony, Leonardo, todos querem ser jogador de futebol.

João, Rodrigo, Martim, Francisco, Santiago, Tomás, Guilherme, Afonso, Gonçalo, Miguel, Tiago, Pedro, Gabriel, Diogo, Rafael, Gustavo, Dinis, David, Lucas, Salvador, Simão, Daniel, António, Lourenço, André, Diego, Vicente, Manuel, Henrique, Leonardo, Vasco, Bernardo, Mateus, Luís, Eduardo, Leandro, Alexandre, Mauro, todos estudam e alguns já trabalham.

Filipe, Ricardo, Samuel, Bruno, Matias, Nuno, Enzo, Rui, Hugo, Carlos, Xavier, Isaac, Fábio, Artur, Jorge, Sebastião, Paulo, Ivo, Marco, Frederico, Davi, Cristiano, Joaquim, Renato, Ângelo, Micael, Valentim, Ivan, Sérgio, Mário, Tomé, Joel, Jaime, Sandro, Lisandro, Márcio, Luca, Fernando, Noah, Vítor, Kevin, Cláudio, Kévim, Edgar, todos querem o mesmo lugar no pódio.

Qual desses garotos bons de bola vão conseguir realizar suas vocações? Será que o sol nasce para todos? Quantos desses garotos não desistirão no primeiro obstáculo? Quantos não ficarão pelo caminho? Quantos chegarão ao pódio? Quantos desses garotos serão felizes?

Por fim, a vida é assim, feita de muito obstáculos. Os sonhos existem para tornar à vida menos dolorida, sofrida. E a vida é feita de muita luta, de sonhos. Quem não sonha fica parado como uma pedra e uma vida vivida sem sonho não vale a pena ser vivida. Garotos bons de bola sonhem alto, a história tem mostrado que somente os sonhadores conquistam o pódio!

Luís Lemos

Filósofo, professor universitário e palestrante. Autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2011), O homem religioso – A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na Terra das Amazonas: Histórias do Universo Amazônico (2019). E-mail: [email protected] | Youtube: https://www.youtube.com/channel/UC94twozt0uRyw9o63PUpJHg


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •