Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No último sábado (26), o Nacional Futebol Clube realizou uma seletiva visando sua base para 2020. Garotos nascidos de 2001 a 2006 foram avaliados e, segundo o técnico das categorias de base do clube, José Ribamar, todos serão convocados para um segundo teste. Ele explica o motivo.

“ A gente sabe que o primeiro dia que eles participam é uma ansiedade muito grande e isso acaba atrapalhando o desempenho, por isso, iremos marcar outro dia com os mesmo garotos para avaliarmos melhor. Eles não precisarão pagar novamente, não estamos aqui querendo dinheiro, buscamos mesmo a qualidade, é um trabalho sério de captação”, disse.

Para Guilherme Miranda, 17, que veio do município de Iranduba, mesmo com a distância para chegar até o Centro de Treinamento do Naça, onde foi realizado o teste, o esforço vale a pena.

“ Eu sai cedo de casa para chegar ao CT no horário. Moro na Comunidade Janauari, em Iranduba, mas o esforço valeu a pena é meu sonho ser jogador”, conclui.

Com uma segunda oportunidade para mostrar seu talento, o atacante Elton Alves, 18, natural de Lindóia, acredita que terá melhor desempenho.

“ Hoje foi pouco tempo de teste não deu para mostrar um futebol bom, mas, acredito que com essa segunda oportunidade vou melhorar meu desempenho e jogar mais tranquilo”, revela.

A direção do clube ainda não definiu a data para a nova avaliação. Ribamar revela que ficou satisfeito com o que viu, mas ele também ressalta que o trabalho com base tem de ser mais cauteloso.

“Todos são jovens, em busca de um sonho. Temos muitos talentos aqui no Amazonas, nem há o que se discutir, mas é preciso ter cautela. Trabalhar com base é isso, ter paciência em dobro e um olhar diferenciado para não perder pedras preciosas que podem fazer história no nosso clube”, completa.

O time sub-19 do clube foi campeão do Amazonense da categoria e vai representar o Amazonas na Copa São Paulo, em 2020.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •