Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – O ator José de Abreu é um dos artistas da Globo que mais se envolve em polêmicas. Assumidamente eleitor do PT e da esquerda brasileira, ele é, atualmente, um dos maiores opositores do governo de Jair Bolsonaro.

E ele deixa tudo isso bem claro quando usa, com frequência, sua conta oficial no Twitter. Por lá, ele discute política em diversas ocasiões e sempre troca farpas com apoiadores do presidente do país, sem se importar com as críticas.

No mês passado José de Abreu acabou fazendo um comentário que gerou revolta nos dois lados dessa história. “O Brasil está tão doido que vemos Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!”, disse ele.

No caso, o ator se referia ao assassino da filha da autora Glória Perez, conhecida por escrever grandes sucessos na Globo. Na ocasião, ela respondeu: “Você é muito canalha! Não vou revidar relembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada”.

Com a reação da novelista, José tentou amenizar a situação e enviou um pedido de desculpas. “Gloria, eu fiz apenas uma constatação, não tive intenção de magoar você, jamais faria isso. Se você sentiu assim, desculpe”, pediu ele.

Glória Perez foi procurada pelo programa TV Fama, da RedeTV!, e afirmou que não existe qualquer possibilidade de desculpar seu colega de emissora. “Não. É inegociável”, disse a autora de A Força do Querer.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •