Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

METRÓPOLES – Gracyanne Barbosa saiu do sério após ser vetada no concurso Miss Bumbum World, que ocorrerá no México em 30 de setembro. A musa fitness havia sido convidada para dominar o pole dance e apresentar a atração, mas um dos organizadores do evento a teria mandado embora.

Por conta disso, de acordo com a revista Quem, Gracy vai processar o concurso. Em nota enviada à publicação pelo advogado da musa, Sandro André Nunes, a esposa de Belo conta que o evento descumpriu um contrato que teria feito com ela “sem explicação dos reais motivos”.

“Não há dúvidas que a Gracyanne se encontra dentro dos padrões de um evento deste porte, tanto que já o apresentou em anos anteriores. Encaminhamos Notificação Judicial requerendo aos organizadores explicação dos reais motivos do rompimento contratual, bem como a indenização quanto à utilização de sua imagem de forma negativa, justificando a rescisão do contrato com fato que denigre a imagem da minha cliente”, informou o advogado.

Cacau Oliver, criador do Miss Bumbum, garantiu que o veto de Gracy nada tem a ver com seu corpo, e sim o fato de a musa não ser fluente em dois idiomas para participar da atração.

“A Gracyanne esteve conosco em duas edições, ela apresentou as edições de 2017 e 2018. Para a edição do México – que inicialmente seria no dia 30 de julho e depois mudou para o dia 30 de setembro – algumas TVs internacionais, que vão fazer links ao vivo de lá, pediram um apresentador que falasse espanhol e inglês, além do português. Eles pediram alguém com esses requisitos”, disse, conforma a Quem.

“Então ela não foi vetada, até porque não tem um contrato. Nós não assinamos um contrato, foi feito apenas um orçamento para o escritório dela e no decorrer de tudo isso apareceram esses empecilhos que era realmente ter alguém que falasse espanhol. E ela, infelizmente, não estava dentro desses padrões”, explicou ainda.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •