BRYN LENNON/GETTY IMAGES
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com uma dose de drama, e também de sorte, Lewis Hamilton conquistou mais uma vitória na temporada da Fórmula 1. O hexacampeão mundial teve o pneu furado na última volta do circuito de Silverstone, se arrastou nas curvas finais, mas conseguiu segurar a ponta e vencer o GP da Inglaterra neste domingo (02).

Hamilton fechou a prova em 1h28min01s283, pouco mais que cinco segundos mais rápido em relação a Max Verstappen, que cruzou a linha de chegada na segunda posição. O holandês da Red Bull fez uma parada a mais nos boxes para colocar pneus macios a fim de conseguir fazer a volta mais rápida e, por consequência, garantir um ponto extra.

A estratégia deu certo e Verstappen assegurou a volta mais rápida. No entanto, se a parada não tivesse acontecido, ele teria tempo para aproveitar o pneu furado do Hamilton, ultrapassar o rival e venceria a prova. Charles Leclerc mais uma vez superou as complicações de seu carro da Ferrari e completou o pódio. Com informações Metrópoles.

“O pneu furou na reta e o meu coração foi parar na boca. Eu só rezava para conseguir chegar. Eu estava tranquilo no final. Bono (engenheiro da Mercedes) estava me dando informações (sobre Max Verstappen). Eu realmente nunca passei por algo assim na última volta”, destacou Hamilton.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •