GIOVANNA BEMBOM/METRÓPOLES
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conteúdos que promovam qualquer tipo de terapia de conversão, como “cura gay” e “cura trans”, serão banido do Instagram. Segundo declaração da rede social à BBC, os usuários que compartilharem posts prometendo “converter” pessoas transgêneros e homossexuais em pessoas heterossexuais serão retirados da plataforma.

A medida visa uma reparação histórica desse tipo de comportamento homofóbico, inaceitável nos dias atuais. Segundo o Metrópoles no passado, a tentativa de modificação de gênero ou de orientação sexual incluía tratamentos perversos e cruéis, como castração química, lobotomia e até terapia de aversão com choques elétricos.

A prática não é reconhecida por instituições científicas e é proibida no Brasil desde 1999. O país foi o primeiro do mundo a banir este tipo de tratamento. Atualmente, Argentina, Equador, Uruguai, Taiwan e Alemanha também proíbem esse tipo de “cura” em todo o território nacional.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •