Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O uso da Legal Intelligent Advisor (Leia) Precedentes, solução que utiliza Inteligência Artificial (IA) para identificação de processos vinculados a temas de precedente, pode diminuir o volume de ações em até 20%, de acordo com os desenvolvedores do sistema.

A medida foi criada pela Softplan em parceria com tribunais estaduais e já é utilizada nos TJs do Ceará, Amazonas, Alagoas, Acre e Mato Grosso do Sul. O software identifica processos que ficam suspensos até que casos semelhantes tenham uma decisão em instância superior.

“A adoção de gestão tecnológica na Justiça já faz parte do cotidiano brasileiro e a Leia Precedentes poderá ajudar a reduzir a quantidade de processos em tramitação no Judiciário brasileiro”, explica Ilson Stabile, diretor executivo da Softplan.

Com a solução em uso, o mecanismo de precedentes no Brasil conseguirá desestimular conflitos judiciais, que ocorriam por causa da demora na avaliação de casos semelhantes já existentes. 

Além disso, a tecnologia pretende proporcionar uma maior isonomia e previsibilidade na decisão às partes envolvidas em conflitos judiciais.

(Consultor Jurídico)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •