Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Gazeta Esportiva – Novo técnico do Santos, o português Jesualdo Ferreira iniciará em poucos dias seu primeiro trabalho no futebol brasileiro. O europeu, porém, terá que lidar com uma realidade mais imediatista por resultados e instável para treinadores.

O comandante tentará repetir o que apenas Muricy Ramalho em 2012, Dorival Júnior em 2016 e Jorge Sampaoli em 2019 conseguiram fazer no Santos nesta década: iniciar e terminar o ano no cargo.

De 2011 a 2019, seis técnicos que começaram seus trabalhos em janeiro foram demitidos antes do fim da temporada. Dos seis, quatro foram dispensados ainda no primeiro semestre. No total, 11 comandantes passaram pelo Alvinegro da Vila Belmiro no período, sem contar interinos.

A passagem mais longeva da década foi a Muricy, que comandou o Peixe de abril de 2011 até maio de 2013, conquistando dois Campeonatos Paulistas, uma Libertadores e uma Recopa Sul-Americana em 150 jogos. Dorival ficou pouco atrás, com 128 partidas, em passagem de julho de 2015 a junho de 2017, que rendeu um Paulista em 2016.

Confira os técnicos que começaram o ano no Santos nesta década:
2011 – Adilson Batista (demitido em fevereiro)
2012 – Muricy Ramalho (completou o ano)
2013 – Muricy Ramalho (demitido em maio)
2014 – Oswaldo Oliveira (demitido em setembro)
2015 – Enderson Moreira (demitido em março)
2016 – Dorival Júnior (completou o ano)
2017 – Dorial Júnior (demitido em junho)
2018 – Jair Ventura (demitido em julho)
2019 – Jorge Sampaoli (completou o ano)


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •