Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O vereador Fabrício Silva Lima (SDD) apresentou à Câmara Municipal de Manaus (CMM) o Projeto de Lei nº 167/2014, que altera a nomenclatura da avenida J, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste, para avenida José Aldo Júnior. Segundo o Parlamentar, a mudança será uma forma de homenagear o lutador amazonense, único brasileiro a deter, atualmente, o cinturão do Ultimate Fighting Championship (UFC) pelo peso-pena.

“O Aldo é um atleta símbolo do nosso Amazonas e, em qualquer lugar do mundo, faz questão de levantar a bandeira do nosso Estado e do Alvorada, bairro em que nasceu, cresceu e descobriu a luta. A lei foi apresentada hoje e tenho certeza que será aprovada”, disse Lima, ao comentar sobre a escolha da avenida.

“A avenida J foi escolhida por ser a principal do bairro e ter a inicial do nome do Aldo. Assim, não será difícil as pessoas se acostumarem com a novidade. Afinal, queremos homenagear o atleta de maior ascensão de Manaus, mas sem causar nenhuma dificuldade a população”, disse o vereador.

Do Alvorada para o mundo

José Aldo da Silva Oliveira Júnior nasceu em Manaus, no dia 9 de setembro, no ano de 1986. Aos 13 anos, se interessou pelo Jiu-Jítsu e começou a treinar com o mestre Márcio Pontes, líder da academia MPJJ, localizada no Alvorada. Mais tarde, o lutador seguiu para o Rio de Janeiro onde foi tentar a carreira no jiu-jítsu. Sem dinheiro, vivia na mesma academia em que treinava e dependia da ajuda dos companheiros para não passar fome.

Depois, foi acolhido na casa da também lutadora Viviane, que mais tarde se tornou sua esposa. Aos poucos, Aldo passou a se destacar dentro da academia Nova União, de seu atual técnico, André Pederneiras.

Em 2010, Aldo assinou com o maior evento de MMA do mundo, o UFC, e se tornou o primeiro campeão dos Pesos Pena da franquia, título que matem até hoje e será colocado a prova no dia 2 de agosto, contra Chad Mendes, no UFC 176.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •